Carros Conectados e Seguros

Um dia, a nossa condução determina o preço do seguro do nosso carro.

 

Dados são o novo petróleo. Tal como a gasolina nos seus tempos áureos, os dados estão a revolucionar secções inteiras das nossas economias, incluindo o sector automóvel. O carro conectado é hoje muito mais do que uma realidade: é um mercado em constante crescimento, onde fabricantes, fornecedores de equipamentos e seguradoras estão a trabalhar em conjunto para otimizar ainda mais a experiência do cliente e a satisfação dos clientes.

 

Carros conectados: um novo mercado de seguro automóvel?

A nível mundial estima-se que, entre 2017 e 2022, as vendas de automóveis conectados devem triplicar e representar um mercado que vale mais de 155 mil milhões de dólares. Mais seguros, mais autónomos, mais inteligentes, estes novos carros, que funcionam com dados e inteligência artificial, prometem-nos viagens cada vez mais agradáveis – e até mesmo – experiências de vida. Como extensão dos nossos smartphones, estão a integrar-se cada vez mais na jornada do cliente, tornando-se mesmo  meios de pagamento. Em suma, tudo está a acelerar... incluindo as seguradoras, uma vez que veem estes avanços como um oportunidade para criar novos produtos e forjar um novo tipo de relação com os seus clientes.

 

Seguro comportamental: O seguro a pagar de forma justa!

"Mostre-me como conduz e eu digo-lhe quanto tem que pagar." Foi assim que pudemos resumir a promessa aos clientes americanos da FORD e do seu parceiro de seguros NATIONWIDE. Com os seus modelos amplamente conectados, o fabricante americano conseguiu prometer aos compradores até 40% de desconto no seu seguro automóvel...  na condição de que concordassem em transmitir dados sobre a forma como conduzem. Tempos de viagem, respeito aos limites, distâncias, sinais de aviso em caso de fadiga ou desvio de faixa... abrangidos por sensores, estes veículos podem analisar e fornecer em tempo real informações valiosas sobre o comportamento dos condutores; e, assim, permite que as taxas de seguro sejam otimizadas da forma mais precisa possível. Lançada no início deste ano, a parceria, que inclui também a fabricante Toyota, ainda está na sua infância. No entanto, reforça uma tendência fundamental baseada no seguro comportamental no sector automóvel: "Pague à medida que conduz."

 

Porque é que as ofertas “Pay as you drive” estão a aumentar?

Como objetivo, cada vez mais seguradoras têm vindo a desenvolver pacotes de seguros "Pay as you drive" ou "Pay how you drive", instalando uma caixa conectada no veículo; o que é inovador aqui é a parceria "fabricante-seguro". Esta nova fórmula apenas mostra que, para se reinventar, o sector automóvel tem de passar do modo competitivo para o modo cooperativo, trabalhando em sinergia com todos os intervenientes do seu mercado. Esta é não só uma forma de acelerar a transformação, mas também de lidar com a nova competição das gigantes tecnológicas: como a Tesla, que lançou a sua oferta de seguro conectado para a sua própria marca na Califórnia no final de 2019.  

Ideia Central

Os dados estão agora em todo o lado. Estão a redefinir produtos e serviços, a revolucionar os mercados e até a aproximar as pessoas - como o carro conectado e a indústria seguradora, que têm tudo a ganhar com o trabalho conjunto no futuro... se não querem ser ultrapassados pelos gigantes tecnológicos!

Atenção!
A sua sessão irá encerrar
dentro de

{{ minutesToPresent }}:{{ secondsToPresent }}

Pretende continuar na sua área de cliente?

Show Timeout Session
Show Timeout Session