Pagamentos por SMS

Um dia, o sms substitui os cartões bancários.

Em 2014, foram trocados 6.000 mil milhões de mensagens de texto em todo o planeta. Em 2016, foram 'apenas' 3.000 mil milhões. E este número continua a cair. Enquanto o MMS (a versão multimédia do sms) está a aguentar-se, o texto simples foi agora ultrapassado pelas redes sociais que oferecem funções de mensagens privadas. Mas não é desta que deixamos as mensagens de texto.

 

O pagamento por texto é algo novo?

Nem por isso. Já estamos habituados a enviar um sms para fazer uma doação, votar num programa de TV ou até mesmo jogar um jogo. A soma é tirada diretamente através da conta do operador do telemóvel. É uma manobra simples que agora faz parte da experiência do cliente. Em 2011, a Coca-Cola implementou centenas de dispensadores de bebidas cashless que funcionavam por sms. Tornaram possível dispensar toda a logística associada à recolha e transporte de dinheiro. A tecnologia contactless tornou-se ainda mais atraente durante a pandemia global.

 

Pagamento por SMS: estão todos a bordo!!

Para evitar que os utilizadores de autocarros tenham de ir ao balcão de bilhetes ou dispensador de bilhetes, a RATP, a autoridade de transportes parisiense, implementou um sistema de compra de bilhetes por SMS durante a pandemia COVID-19. Para usá-lo, basta enviar sms com a palavra BUS e o número do autocarro para um número de telefone para receber o bilhete. A compra é debitada automaticamente na sua conta de telefone. Outro exemplo recente é o ETAM. Desde Maio passado, pode pagar as compras na loja apenas enviando uma mensagem ao assistente da loja.

 

Pagamento por texto: não há lado negativo.

Para os consumidores: não há necessidade de dinheiro, cartões, códigos ou nomes de utilizador e não há risco de ter a sua conta pirateada. Para os retalhistas: o pagamento não é apenas fácil e seguro, mas é mais uma oportunidade para comunicar com os clientes através do seu número de telefone. Perfeito para enviar informações ou uma subscrição de newsletter.
Os métodos de pagamento estão em constante evolução. Desde impressões digitais à digitalização da íris  e ao sistema venoso, novas formas de pagamento e checkout tornam as compras mais fáceis, seguras e menos irritantes. Neste contexto, o sms tem definitivamente uma carta para jogar e podem até vingar-se das redes sociais que também estão interessadas em pagamentos. Ao contrário de outros métodos, as mensagens de texto não requerem qualquer registo e a sua aplicação já está instalada nos nossos smartphones!

Ideia Central

Pode muito bem ser que o número de sms trocadas globalmente esteja a diminuir a favor de mensagens nas redes sociais, como o FACEBOOK e o WHATSAPP, mas podem fazer um retorno através dos nossos hábitos de pagamento.

Atenção!
A sua sessão irá encerrar
dentro de

{{ minutesToPresent }}:{{ secondsToPresent }}

Pretende continuar na sua área de cliente?

Show Timeout Session
Show Timeout Session
X